Missão

Promover, coordenar e apoiar as atividades nas áreas da investigação clínica e de translação (IC&T) e inovação biomédica, contribuindo para a otimização do potencial clínico, científico e tecnológico de Portugal.

Visão

A AICIB pretende ser uma referência nacional e europeia enquanto entidade capaz de criar as condições essenciais para estimular a investigação clínica e a inovação biomédica em Portugal.

Objetivos

Realizar atividades de interesse nacional no financiamento e promoção da IC&T e inovação biomédica através do apoio ao seu desenvolvimento e internacionalização.

Agilizar as atividades de I&D e cooperação entre as unidades de cuidados de saúde, outras instituições da saúde (DGS, IPS, ACSS, SPMS, INSA, entre outras), instituições científicas e académicas e os vários stakeholders envolvidos no processo. Pretende-se estimular de forma sinérgica o seu potencial, aumentando o valor para a sociedade, os doentes, o sistema de saúde e a capacitação dos profissionais de saúde em IC&T.

Promover uma cultura científica e a criação de valor económico na área da saúde, garantido a sua sustentabilidade e a adoção das melhores práticas estabelecidas a nível nacional e internacional.

Constituição/
Organograma

AICIB
Assembleia-geral

Presidente

António Rendas

Vice-presidente

José Paulo Esperança

Secretário

António Faria Vaz
Conselho fiscal

Presidente

Emília Alves

Vice-presidente

Miguel Andrade

Revisor Oficial de Contas

João Careca
Direção

Presidente

Catarina Resende Oliveira

Vice-presidente

Teresa Machado Luciano

Vogal Executiva

Patrícia Calado

Vogal

Elsa Branco

Vogal

Maria João Queiroz
Conselho Consultivo

Presidente

Helena Canhão

Vice-presidente

Luis Taborda-Barata

Outros membros

Constituição da AICIB
e Estatutos

Resolução do Conselho de Ministros – Autorização para a constituição da AICIB – Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica e os Estatutos da AICIB estão disponíveis para consulta no Diário da República.